Malware em dispositivos móveis cresce 273% no primeiro semestre de 2011

Malware em dispositivos móveis cresce 273% no primeiro semestre de 2011

 

A incidência de malware em dispositivos móveis como smartphones e tablets cresceu 273% no primeiro semestre de 2011, comparado com o mesmo periodo de 2010, como mostram estudos recentes da indústria.

Estes resultados, que se encontram em uma pesquisa recente indicam que os dispositivos móveis vem subindo na lista de preferências dos criminosos virtuais, mais do que nunca. O estudo mostra, ainda, que as ameaças mais comuns para estes dispositivos tem sido Cavalos de Tróia para os mais diversos tipos de plataformas.

O aumenta destas ameaças tem sido tão grande, de acordo com a pesquisa que os pesquisadores vem registrando um novo malware a cada 12 segundos (em média).

Dois dos mais encontrados malware em dispositivos móveis, durante este ano, são o “NickiBot” e uma aplicação chamada Zsone.

O NickiBot espiona suas vítimas e pode aparecer na forma de uma aplicação falsa Google+ que monitora as chamadas e o fluxo de dados no dispositivo móvel. Ele, então, manda estas informações para o criminoso virtual, incluindo a localização geográfica do dispositivo.

À medida que os smartphones e tablets com Android se tornam mais populares, os criminosos virtuais estão usando os dispositivos móveis como uma forma crescent de disseminação de malware.

A pesquisa afirma que o crescimento desse tipo de problema deverá continuar durante este semestre e o número total de novos tipos de malware deverá atingir a casa dos 2,5 milhões até o início de 2012.

Aqui algumas dicas da AVG para manter seus dispositivos móveis seguros:

  1. Sempre proteja seu telephone com senhas e bloqueie seu uso, em caso de perda ou roubo do aparelho, de forma que suas informações permaneçam seguras.
  2. Assegure-se que todos os dispositivos móveis tem a possibilidade de limpeza completa dos dados, com o uso de ferramentas como o AVG Mobilation. A limpeza completa dos dados de um telephone perdido ou roubado é um recurso extreme, mas pode evitar muita dor de cabeça.
  3. Tome muito cuidado quando estiver seguindo links web. Clicar acidentalmente em links maliciosos de origem suspeita pode infectar seu smartphone e deixar sua informação armazenada no aparelho insegura.
  4. Somente baixe aplicações confiáveis para seu aparelho. Está recomendação é especialmente importante para usuários Android já que o Android Marketplace tem um controle de qualidade menos rígido que seu equivalente na Apple e as apps possuem maior probabilidade de infecção.
  5. Proteja seu smartphone com um antivirus. Isto ajudará a tornar seu dispositivo mais seguro contra links maliciosos e ou apps que tentem infectar seu smartphone.

O AVG Mobilation é uma app de segurança para smartphones Android e tablets, que foi desenvolvida para assegurar que suas informações mais sensíveis permaneçam seguras, mesmo que esteja conectado a redes Wi-Fi inseguras. Faça o download de graça aqui.

 

2 thoughts on “Malware em dispositivos móveis cresce 273% no primeiro semestre de 2011

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *