Sistemas Operacionais – Parte 5

Sistemas Operacionais – Parte 5

Condições de concorrência e sincronização     Como vimos anteriormente, além de trocar dados entre si, processos e threads tem a necessidade de se sincronizarem também. A sincronização entre as várias tarefas garante a ordem de execução das etapas de um algoritmo e evita o que se chama de “condições de concorrência” ou, como em algumas traduções, “condições de corrida”. As “condições de concorrência” ocorrem quando vários processos ou threads precisam acessar um mesmo recurso compartilhado (ou seja, “concorrem” pelo…

Read More Read More

Sistemas Operacionais – Parte 4

Sistemas Operacionais – Parte 4

Comunicação entre processos Interprocess communication (IPC)     Como vimos nos artigos anteriores, processos tem a característica de serem executados em o que chamamos de “espaços de memória independentes”. Ou seja, ficam isolados um dos outros,  não conseguindo acessar os dados que não sejam os seus (o que dá estabilidade ao sistema como um todo). Linhas de execução, como vimos no artigo sobre threads, também tem independência entre si e suas operações não se conectam às outras linhas de execução…

Read More Read More

Sistemas Operacionais – Parte 3

Sistemas Operacionais – Parte 3

Threads   Thread, que em inglês significa “linha”, representa uma linha de execução de um processo. Para entender melhor este conceito, veremos como funciona a execução de um programa no computador (que ocorre dentro de um processo, como já vimos no artigo anterior). Ao iniciar um processo, a primeira instrução do programa é lida pela CPU e executada. De acordo com o que está codificado na instrução, a CPU poderá pegar a próxima instrução ou pular para um outro local…

Read More Read More

Sistemas Operacionais – Parte 2

Sistemas Operacionais – Parte 2

Processos   Um dos conceitos mais importantes dos sistemas operacionais, talvez até o mais importante, é o de “processo”. De uma forma simplificada, o processo representa um programa em execução. Quando o usuário inicia um programa (por exemplo, um editor de textos), o sistema operacional cria um processo para conter todas as informações relativas a execução deste programa, como as variáveis alocadas, arquivos abertos e o próprio texto do programa a ser executado. Este processo é então colocado em execução…

Read More Read More

Sistemas Operacionais – parte 1

Sistemas Operacionais – parte 1

O sistema operacional é o software feito para controlar componentes eletrônicos de um dispositivo com capacidade computacional (computadores, celulares, tablets, etc), facilitando, desta forma,  sua utilização por programas que não precisarão ser programados especificamente para cada tipo de dispositivo. Ele é o primeiro software visto assim que o computador é ligado e, para a maioria dos usuários, ele praticamente define o computador como um todo. Por exemplo, atualmente muitas pessoas perguntam se o seu pc é Windows ou Mac, ou…

Read More Read More

Explicando a Máscara de Rede

Explicando a Máscara de Rede

Um dos conceitos que mais confundem os responsáveis pela configuração de uma rede IP é a máscara de rede. Neste artigo, vamos explicá-la e assim evitar erros na configuração da rede.   Endereço IPv4 O endereço IP versão 4 é composto de 32 bits (4 bytes) que são representados por 4 números decimais separados por pontos. Exemplo: 11000000    10101000    00001010    01010000       192        .       168        .         10 …

Read More Read More

Falha crítica nos processadores deixa computadores em risco

Falha crítica nos processadores deixa computadores em risco

Há 16 anos, em um reflexo direto do ataque ao World Trade Center em 11/09/2001, todas as questões relativas à segurança foram colocadas em outro patamar. A Microsoft era assolada por ataques de hackers com o Windows XP. Bill Gates decidiu escrever uma carta aberta a todos os seus funcionários sobre computação segura e melhores práticas para seu sistema operacional (que era constantemente invadido e reiniciado remotamente) ser confiável para uso da internet. Assim como revistas de malas em aeroportos,…

Read More Read More

Protegendo a sua rede

Protegendo a sua rede

Computadores, internet, smartphones e todos os outros equipamentos de conectividade fazem parte do dia a dia das empresas, trazendo ganhos de produtividade e facilidade de comunicação dentro e fora do ambiente corporativo, além de novas possibilidades de serviços e produtos. Mas eles precisam ser protegidos dos cibercriminosos que estão sempre procurando falhas para atacar redes (principalmente corporativas – que renderão mais lucros a eles e maiores prejuízos à empresa). Os principais alvos desses ataques são: Infraestrutura de rede (servidores, roteadores,…

Read More Read More

Diagnóstico de Redes

Diagnóstico de Redes

Quando há problemas na rede, pode ser muito difícil o diagnóstico pela quantidade de elementos que podem falhar, sendo que todos são importantes para o seu funcionamento. A rede física: cabos, switch, AP, link com a internet e outros. Servidores: DNS, DHCP, AD, Proxy. Roteadores e firewall No caso de problemas, o primeiro passo é diagnosticar a rede. Recomenda-se as seguintes verificações: Conectividade Ping Verifica se o computador consegue falar com o gateway, firewall ou proxy. O Ping é um…

Read More Read More

Quanto sua empresa está realmente protegida?

Quanto sua empresa está realmente protegida?

O ano de 2017 está sendo marcado por casos de invasão de dados e um grande abalo na indústria de segurança da informação mundial. Em um verdadeiro serviço de contraespionagem digital, hackers a serviço do Governo de Israel detectaram que hackers russos estavam usando o antivírus Kaspersky  para invadir dados confidenciais da poderosa agência de segurança americana NSA (National Security Agency), mundialmente conhecida por ter tido seus segredos vazados por Edward Snowden em 2013. A Kaspersky Labs é uma empresa russa…

Read More Read More