Ataques cibernéticos estão cada vez mais sofisticados

Ataques cibernéticos estão cada vez mais sofisticados

Ataques cibernéticos que envolvem segurança estão mais sofisticados. Essa é a conclusão de um estudo realizado pela HP e pela HP DVLabs, organização de pesquisa em análise e descoberta de vulnerabilidades.

De acordo com o relatório “2011 Top Cyber Security Risks Report” as motivações dos hackers mudam continuamente em função da crescente presença de grupos de “hacktivistas”, como Anonymous e LulzSec, que realizam ataques organizados como retaliação por irregularidades percebidas ou motivação ideológica.

Além das mudanças na motivação dos ataques, avanços nas técnicas levaram a um aumento na taxa de sucesso das violações de segurança, indica o levantamento. Como resultado, as empresas e órgãos governamentais enfrentam novos desafios na avaliação, identificação e solução dessas atividades.

Ainda de acordo com o estudo, novas vulnerabilidades em aplicativos comerciais vêm diminuindo lentamente desde 2006, caindo quase 20% em 2011 com relação ao ano anterior. Ainda assim, diz o levantamento, grande parte não é registrada e, portanto, não é divulgada pelo setor de segurança global.

Dados do relatório apontam ainda que essa diminuição não significa necessariamente uma redução dos riscos. Para se ter uma ideia, quase 24% das novas vulnerabilidades divulgadas em aplicativos comerciais em 2011 apresentaram classificação de gravidade de oito a dez. Essas vulnerabilidades podem resultar em uma execução remota de código, que é o tipo de ataque mais perigoso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *