Usuários móveis compartilham duas vezes mais do que usuários de desktop

Usuários móveis compartilham duas vezes mais do que usuários de desktop

“artigo retirado do AVG Official Blogs”

por Omri Sigelman

 

Uma recente pesquisa com mais de 6 bilhões de interações sociais (4,9 bilhões de desktops e 1,2 bilhão celulares) feita pelo ShareThis mostrou que os usuários móveis são duas vezes mais propensos a compartilhar conteúdo do que os usuários de desktop.

Como seria de se esperar, a diferença é mais acentuada com o compartilhamento de mídia social, que é incentivada em dispositivos móveis.

O relatório mostra que os usuários de aplicativos de mídia social como Twitter e Pinterest são muito mais ativos quando estão em dispositivos móveis do que quando estão em seus desktops.

O Facebook é o serviço mais compartilhado, respondendo por 60 por cento de todo o conteúdo compartilhado entre plataformas móveis e desktop.

Entre os celulares, os resultados da ShareThis indicam que os usuários do iPhone são os mais dispostos a compartilhar com 12,4 por cento deles compartilhando conteúdo social. Os usuários do Android estão em segundo com maior disposição para compartilhar com 7,4 por cento deles compartilhando conteúdos.

 

Existem riscos associados com o compartilhamento?

É muito bom saber que os usuários móveis são muito mais sociais do que os usuários de desktop, mas há motivo para preocupação?

Infelizmente a resposta é sim, e se não for motivo de preocupação, deve ser pelo menos motivo para ter cuidado.

Os celulares estão rapidamente se tornando, de fato, a plataforma para compartilhamento de conteúdo. É rápido, fácil e pode ser feito de qualquer lugar.

Estamos abrindo um número inédito de e-mails, tweets, mensagens e clicando em um número cada vez maior de links, a maioria dos quais são encurtados, o que significa que muitas vezes não sabemos aonde eles vão nos levar.

É fácil para os criadores de malware nos enviar para sites infectados ou nos fazer baixar adware ou spyware. Os usuários móveis devem ser cautelosos sobre quais anexos e links que compartilham ou abrem em seus celulares.

O Relatório de Ameaças Q4 2012 da AVG indicou quase 4 milhões de ameaças móveis exclusivos para dispositivos Android, e esse número só vai aumentar à medida que o mercado de telefonia móvel continua a crescer.

 

O que os usuários móveis podem fazer para garantir que eles estão seguros, enquanto eles compartilham?

A boa notícia é que é muito fácil para usuários móveis manterem o seu dispositivo livre de malware. Siga estes três passos simples e você não terá nada para se preocupar.

 

URLs encurtadas

Como o ShareThis mostrou, os celulares são uma plataforma muito popular para compartilhamento de conteúdo social. Grande parte deste conteúdo será compartilhado como links encurtados, o que torna difícil para ver para qual site você será levado.

Se você está inseguro sobre qualquer link que você recebe, nunca clique sobre ele.

 

Amigo Conhecido

As redes sociais estão cheias de contas falsas que podem circular mensagens de spam e links maliciosos. Não aceite pedidos de amizade ou mensagens privadas de pessoas que você não conhece ou que se aproxima de você com mensagens estranhas.

 

Proteja-se

Agarre-se a alguma proteção gratuita, como o AVG AntiVirus for Android. É grátis, fácil de usar e pode ajudar a mantê-lo seguro contra malware.

Muitas pessoas pensam que os smartphones não precisam de software de segurança. Pense novamente. Os smartphones contêm todos os seus contatos e alguns de seus detalhes mais pessoais. Os aplicativos contêm informações, como dados bancários, dados de localização, caixas de entrada de e-mail … e a lista continua.

Aplicativos como o AVG AntiVirus for Android também tem poderosas ferramentas de recuperação que podem ajudá-lo a recuperar o seu telefone em caso de perda ou roubo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *