Google Demonstra o Google Glass no SXSW 2013

Google Demonstra o Google Glass no SXSW 2013

“artigo retirado do AVG Official Blogs”

por Jas Dhaliwal

 

No festival SXSW Interactive deste ano, Timothy Jordan do Google exibiu uma demonstração da primeira aparência do Google Glass e o seu suporte ao Mirror API. Além disso, o Google mostrou aos participantes, como está trabalhando com os primeiros parceiros para escrever aplicativos dedicados para o novo dispositivo. Path, Evernote e The New York Times criaram uma série de aplicativos para trabalhar com Google Glass.

 

O aplicativo do The New York Times, por exemplo, mostra um top de manchetes de histórias e, em seguida, permite que você ouça o artigo completo dizendo ao Glass “read aloud” (ler em voz alta). O aplicativo do Gmail do próprio Google também foi portado para o Glass e usa o reconhecimento de voz para responder e-mails, assim como um indicador visual de quem está te enviando um e-mail. Junto com o Gmail, o Google+ também é construído diretamente para a experiência do Glass como uma plataforma para compartilhamento. No entanto, Jordan do Google afirmou que os desenvolvedores seriam capazes de adicionarem suas próprias opções de compartilhamento. O Glass também tem os recursos do Google de tecnologia de fala, uma câmera para tirar fotos e gravar vídeo e também o software de reconhecimento de voz construído diretamente no hardware.

 

O Glass funciona através da conexão aos servidores de nuvem do Google com um aplicativo dedicado, que puxa e empurra os dados para o Glass através de novos APIs do Google. Todos esses dados são, então, apresentados no Glass com o que o Google chama de “Timeline Cards” (Cartões da Timeline). Os timeline cards podem incluir texto, imagens, vídeo e rich HTML. Além de cartões individuais, o Google também desenvolveu um novo conceito que está sendo chamado de ‘bundles’ (pacotes). Os bundles são um conjunto de cartões que os usuários podem navegar usando um touchpad no lado do Glass, ou podem usar sua própria voz para navegar pelos menus.

 

Como o Glass é um novo formato, o Google está forçando um novo conjunto de regras para tornar a experiência do usuário agradável e organizada. Por exemplo, para um aplicativo de notícias, os usuários não esperariam para ver notícias completas, mas sim a manchete chave iria trazer na frente uma imagem relevante da história. O Google não quer fazer com que o Glass distrai o usuário.

 

Não há disponibilidade confirmada do Google Glass, mas você pode ver uma demonstração completa da ação abaixo:

 

 

Este post foi originalmente postado em The Web Pitch.com.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *