Pequenas empresas têm o DNA certo para as mídias sociais

Pequenas empresas têm o DNA certo para as mídias sociais

 

“artigo retirado do AVG Official Blogs”

Por Adrian Bridgwater

 

As mídias sociais agora fazem parte dos negócios, isso é um fato. Muitas grandes empresas têm investido uma quantidade considerável de dinheiro em formação e gestão de consultoria que tentam aproveitar este novo canal de comunicação da melhor maneira. Gastaram mais dólares ainda nos chamados “pacotes de software de colaboração e plataformas”, tentando trazer este novo processo de negócios para apoiar a sua organização.

 

O interessante aqui é que pequenas e médias empresas ingressaram neste caminho somente agora. Ou seja, as pequenas empresas viram-se relativamente menos sobrecarregadas com as “mensagens de aprovação” corporativas e outras legalidades, de forma que estão usando os canais de mídias sociais existentes, Facebook e Twitter, para falar com seus clientes de forma natural.

 

Esta é a sugestão de pesquisa do Portsmouth Business School, que cita a Dra. Lillian Clark, uma professora sênior de recursos humanos e gestão de marketing. A Dra. Clark sugeriu que grandes corporações podem fazer bem melhor ao assumir a liderança dos esforços naturais da comunidade das pequenas empresas e segurar grandes planos de investimentos que trazem recursos adquiridos para apoiar esta nova tendência.

 

Citada no The Drum, website de marketing do Reino Unido, a Dra. Clark disse que as mídias sociais estão “mudando o DNA” das empresas e do marketing.

 

“As grandes empresas estão improvisando, estão contratando um grande número de pessoas para cuidar de suas mídias sociais, porém, não foi provado que ganhar “likes” do Facebook acrescente alguma coisa”, ela disse. “O que já podemos ver é que algumas pequenas e médias empresas estão trabalhando com as mídias sociais de forma brilhante”. “Informal, a comunicação aberta está muitas vezes no coração do seu negócio e isso funciona nas mídias sociais”.

 

A nossa perspectiva sobre estas afirmações de apoio da Dra. Clarks é que há claramente um lugar para controles de mensagens corporativas e normas profissionais de comunicação em cada empresa de grande porte, as grandes empresas devem selecionar talvez “evangelizadores” ou “defensores” que (em um grau moderado de orientação) deve ser capaz de usar sua própria voz de forma natural e com entusiasmo de seus produtos e serviços da empresa para envolver um público de mídia social.

 

Há uma lição a ser aprendida aqui, com certeza, mas ainda é relativamente os primeiros dias e as mídias sociais ainda estão encontrando os seus caminhos.

One thought on “Pequenas empresas têm o DNA certo para as mídias sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *